A decadência da sociedade brasileira

A sociedade brasileira está doente. Suas entranhas estão infectas. Seu mal é grave e crônico. O perigo de morte é iminente. A decadência da sociedade é moral e espiritual. Alcançamos o progresso científico e econômico, mas nossa cultura está moribunda. Conhecemos os segredos da ciência, mas não conhecemos as profundezas abissais do nosso próprio coração. Amealhamos riquezas e despontamo-nos como a sétima economia do planeta, mas nosso povo chafurda-se num pântano nauseabundo de pecados vís. Temos as maiores reservas naturais do planeta, mas estamos perdendo nosso senso de valores. Agigantamo-nos diante do cenário mundial, mas apequenamo-nos diante do espelho da verdade. Destacaremos, aqui, alguns sintomas que apontam a decadência da nossa sociedade:

Em primeiro lugar, a sociedade brasileira está doente porque abandonou a Deus, a fonte da vida. A apostasia é a porta de entrada do colapso moral. O abandono da verdade desemboca numa vida desregrada. A impiedade deságua na perversão. O homem, querendo destronar Deus, condecorou a si mesmo comoa medida de todas as coisas. Mas tola atitude de colocar o homem no lugar de Deus, não o elevou às alturas, mas fê-lo descer aos abismos mais profundos. Por ter perdido a centralidade de Deus na vida, o homem bestializou-se e se rendeu aos vícios mais degradantes e à violência mais encarniçada. No século do apogeu do humanismo idolátrico, duas sangrentas guerras mundiais barbarizaram o mundo. Noventa milhões de pessoas foram trucidadas nessas duas conflagrações mundiais. O homem sem Deus tornou-se um monstro celerado. Explodiram guerras e revoltas entre as nações. Multiplicaram-se os conflitos étnicos. Recrudesceu a intolerância racial e religiosa. Cresceram os conflitos dentro da família. No vagão dessa locomotiva que desembesta, desgovernada, rumo ao abismo encontram-se aqueles que abandonaram a Deus, o refúgio verdadeiro, a única fonte da vida.

Em segundo lugar, a sociedade está doente porque abandonou a verdade, a fonte da ética. Uma sociedade que se esquece de Deus e abandona a verdade degrada-se irremediavelmente. A teologia é a mãe da ética e a impiedade, a genetriz da perversão. Porque o homem desprezou o conhecimento de Deus mergulhou nas águas turvas do relativismo moral. Porque sacudiu o jugo da verdade, caiu na rede mortal da degradação moral. Nossa sociedade aplaude o vício e escarnece da virtude. Promove a imoralidade e faz troça dos castiços valores morais. Chama trevas de luz e luz de trevas. A televisão brasileira, com desavergonhada desfaçatez, promove toda sorte de atentado moral contra a família. As práticas homossexuais são recomendas e expostas na mídia como indicador debenfazeja liberdade e a defesa da família criticada como uma intolerância medieval. Cumpriu-se o vaticínio: temos vergonha de ser honestos.

Em terceiro lugar, a sociedade está doente porque abandonou o temor de Deus, a fonte da sabedoria. Porque a sociedade abandonou a Deus e sua verdade, perdeu o temor do Senhor, o princípio da sabedoria. Com isso, os homens não apenas marcham céleres no caminho largo da perdição, mas também zombam daqueles que seguem o caminho estreito da salvação. A sociedade sem Deus não apenas caminha resoluta rumo à degradação mais sórdida, mas também gloria-se nas práticas, das quais deveria arrepender-se no pó e na cinza. Nossa cultura está moribunda, nossa sociedade à beira de um colapso. É preciso gritar aos ouvidos da nação brasileira que ainda é tempo de arrependimento, ainda é tempo de voltar-se para o Senhor, pois ele é rico em perdoar e tem prazer na misericórdia.

7 comentários em “A decadência da sociedade brasileira”

  1. O homem longe de Deus é capaz de qualquer coisa, hoje o certo e o errado e o errado é certo. O pecado tem prevalecido e reinado na nossa sociedade com uma força assustadora que tenta convencer que ser honesto e ter um caráter integro é anormal. Voltemos como igreja Palavra para não nos deixar ludibriar por essa maldade!!

    Uma boa noite

  2. é um fato de que a maior igreja é a dos sem religião,desviados dos caminhos do Senhor, não pela decepção com a igreja, nem a decepção pessoal com Deus, ao marketing enganoso de algumas igrejas,nem a falta de evangelistas missionarios, mas sim estão sendo desencorajados pela diciplina da Palavra de Deus, pela correção de Deus, abandonando a corrida,voltando atraz, se esquecendo que precisamos de esforços renovados para terminar a corrida, para que não pensemos ou acreditemos que possamos gazar das bençãos de Deus pela simples associaçãocom a igreja em vez de ser por uma vida de FÉ , OBEDIENCIA E SANTIFICAÇÃO, PORQUE DEUS É FIEL.
    FL-1-6 Estou plenamente certo de que aquele que começou a boa obraem vós, há de completa-la até o DIA DE CRISTO JESUS
    DEUS OS ABENÇÕE EM CRISTO JESUS

  3. realmente a sociedade brasileira esta vivendo um momento vegonhoso de imoralidade, estamos invertendo as coisas o que é certo esta se tornando errado e o que é errado se tornando certo, como foi escrito pelo nosso irmao Irismar, a iniquidade toma conta do cenario brasileiro, por essas e outras devemos orar a Deus para que tenha misericordia do nosso país, e que possamos nos levantar com radicalidade e compromisso para pregar a palavra de Deus que cura, liberta, transforma, salva…
    Deus abençoe ricamente…

  4. Nós, não podemos nos acovardar diante de tanta imoralidade em todas as esferas da sociedade. Como embaixadores de Cristo, devemos agir. Assim como João Batista, perdeu a cabeça literalmente, mas não perdeu a ousadia e intrepidez de dizer ao rei Herodes que o que ele estava fazendo não era lícito. Vamos fazer diferença, não vamos nos calar diante de tanta abominação.

  5. Como embaixadores de Cristo, nós não devemos nos calar diante de tanta imoralidade em nossa sociedade, vamos usar todos os meios que temos para barrar tudo aquilo que querem impor e que fere os príncipios elementares da palavra de Deus. Vamos principalmente orar.

  6. É decadente de fato a situação da sociedade brasileira, porém, como embaixadores de Cristo temos a responsabilidade de não nos calarmos diante da realidade que estamos vivendo. A exemplo da Igreja primitiva vamos mostrar com toda ousadia e intrepidez quem está com a verdade. Vamos fazer diferença.

Deixe uma resposta para Pr. Fanuel Santos. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *