MITO OU REALIDADE?

“No princípio criou Deus os céus e a terra” (Gn 1.1). As cortinas da revelação divina abrem-se, mostrando-nos o aparecimento dos céus e da terra. De onde vem o universo? Será que a matéria é eterna? Será que as leis que governam o universo criaram a si mesmas? O universo veio à...

LEIA MAIS

A IGREJA PRECISA DE PODER

“Mas recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1.8). O texto em epígrafe foi pronunciado por Jesus entre sua ressurreição e sua ascensão. Jesus subiria para o céu...

LEIA MAIS

O PODER DA LÍNGUA

“… se alguém não tropeça no fala, é perfeito varão, capaz de refrear também todo o corpo” (Tg 3.3).   A língua é o nosso maior tropeço. Só  um indivíduo perfeito dominaria completamente sua língua. Uma língua domesticada é um bom timoneiro para todo o corpo. Como não somos...

LEIA MAIS

NÃO MURMURE, AGRADEÇA!

“Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Ef 5.20) A vida é uma combinação de alegrias e tristezas, sorrisos e choro, saúde e enfermidade, avanços e recuos. As circunstâncias não podem ditar nossas emoções. As pessoas não devem roubar...

LEIA MAIS

À SOMBRA DAS TUAS ASAS

“Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! Por isso, os filhos dos homens se acolhem à sombra das tuas asas” (Sl 36.7). O Salmo 36 foi escrito por Davi. O poeta-mor de Israel faz um contraste entre os ímpios e os que conhecem a Deus. Aqueles não têm temor de Deus, estes se aninham...

LEIA MAIS

O MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO

O milagre da multiplicação dos pães e dos peixes é o único realizado por Jesus que está registrado nos quatro evangelhos. Daí sua indisputável importância. Esse episódio enseja-nos algumas preciosas lições. Vejamos: Em primeiro lugar, Jesus demonstra seu cuidado à multidão no dia de...

LEIA MAIS

UM GRITO POR SOCORRO

O Salmo 131 é um grito por socorro. O salmista está no mais profundo abismo da angústia, e dali faz ouvir a sua voz. Destacamos sete verdades solenes neste cântico de romagem: Em primeiro lugar, uma realidade dramática (v. 1a) – “Das profundezas…”. O escritor sagrado está num...

LEIA MAIS