Pr. Hernandes

A verdadeira espiritualidade

Referência: Marcos 7.1-23 – INTRODUÇÃO Até aqui Marcos descreveu cinco confrontações entre Jesus e os líderes. Eles o acusaram de assumir prerrogativas divinas (2.7), relacionar-se com pessoas “ruins” (2.16), permitir que os seus discípulos “não guardassem” o sábado (2.24), de ele mesmo não guardar o sábado (3.2,6) e expulsar demônios por Belzebu (3.22).

O culto doméstico

O culto doméstico é um tesouro perdido na vida da maioria do povo de Deus. Essa perda tem profundas e tristes conseqüências. Ela aponta uma perda de profundidade no relacionamento com Deus e também um enfraquecimento da comunhão familiar.

Portas abertas e fechadas

Referência: Marcos 6.1-29 – INTRODUÇÃO O capítulo 5 de Marcos apresenta o triunfo da fé, enquanto o capítulo 6 registra a tragédia da incredulidade. O capítulo 5 de Marcos é um marco luminoso do poder de Jesus no meio da escuridão da miséria humana. Vemos nele o triunfo de Cristo sobre o diabo, a doença e a morte. Agora, no capítulo 6, vemos a incredulidade dos nazarenos, de Hero

Jesus, a esperança dos desesperançados

Referência: Marcos 5.21-24 e 35-43 – INTRODUÇÃO Todo o contexto deste texto mostra que Jesus é a esperança dos desesperançados. O impossível pode acontecer quando Jesus intervém. Ele acalmou o mar e fez cessar o vento, quando os discípulos estavam quase a perecer (Mc 4.35-41). Ele libertou um homem enjeitado pela família e pela sociedade de uma legião de demônios e fez dele um missionário

Natal – a grandeza de Jesus

Referência: Lucas 1.26-38 – INTRODUÇÃO O Natal é celebração do nascimento de Jesus. Mas quem é Jesus? Nos primeiros séculos as opiniões muito divergiram: 1) Os gnósticos – não acreditaram na sua encarnação 2) Os ebionistas – acreditavam que ele era apenas uma emanação de Deus 3) O arianismo – acreditava que ele era a primeira criação de Deus. Hoje, m

O toque da fé

Referência: Marcos 5.24-34 – INTRODUÇÃO Jesus foi expulso de Gadara, mas foi calorosamente recebido por uma multidão do outro lado do mar, em Cafarnaum. A multidão o comprimia, mas apenas duas pessoas de destacam nesse relato entrelaçado: Jairo e a mulher hemorrágica. Warren Wiersbe diz que esses dois personagens ensinam-nos alguns contrastes: 1) Jairo era um líder da sina