É legítima a comemoração do Natal?

O Natal é uma festa cristã e não pagã. Há uma onda entre alguns cristãos, na atualidade, taxando aqueles que comemoram o Natal de serem infiéis e heterodoxos, dizendo que essa comemoração não é legítima nem cristã. Precisamos, a bem da verdade, pontuar algumas coisas:

1. A distorção do Natal. Ao longo dos anos o Natal tem sido desfigurado com algumas inovações estranhas às Escrituras. Vejamos: Primeiro, o Papai-Noel. O bojudo velhinho Papai-Noel, garoto propaganda do comércio guloso, tem sido o grande personagem do Natal secularizado, trazendo a ideia de que Natal é comércio e consumismo. Natal, porém, não é presente do homem para o homem, é presente de Deus para o homem. Natal não é a festa do consumismo; é a festa da graça. Natal não é festa terrena; é festa celestial. Natal é a festa da salvação. Segundo, os símbolos do Natal secularizado. Há muitos símbolos que foram sendo agregados ao Natal, que nada tem a ver com ele, como o presépio, a árvore natalina, as luzes, os trenós, a troca de presentes. Essa embalagem, embora, tão atraente, esconde em vez de revelar o verdadeiro Natal. Encantar-se com a embalagem e dispensar o conteúdo que ela pretende apresentar é um lamentável equívoco. Terceiro, os banquetes gastronômicos e a troca de presentes não expressam o sentido do Natal. Embora, nada haja de errado celebrarmos com a família e amigos, degustando as iguarias deliciosas provindas do próprio Deus e manifestarmos alegria e expressarmos amor na doação ou mesmo troca de presentes, esse não é o cerne do Natal. Longe de lançar luz sobre o seu sentido, cobre-o com um véu.

2. A proibição do Natal. Tão grave quando a distorção do Natal é a proibição da celebração do Natal. Na igreja primitiva a festa do ágape, realizada como prelúdio da santa ceia foi distorcida. A igreja não deixou de celebrar a ceia por causa dessa distorção. Ao contrário, aboliu a distorção e continuou com a ceia. Não podemos jogar a criança fora com a água da bacia. Não podemos considerar o Natal, o nascimento do Salvador, celebrado com entusiasmo tanto pelos anjos como pelos homens, uma festa pagã. Pagão são os acréscimos feitos pelos homens, não o Natal de Jesus. Não celebramos os acréscimos, celebramos Jesus! Não celebramos o Papai-Noel, celebramos o Filho de Deus. Não celebramos a árvore enfeitada, celebramos o Verbo que se fez carne. Não celebramos os banquetes gastronômicos, celebramos o banquete da graça. Não celebramos a troca de presentes, celebramos Jesus, a dádiva suprema de Deus.

3. A celebração do Natal. O Natal de Jesus Cristo foi celebrado com grande entusiasmo em Belém. O anjo de Deus apareceu aos pastores e disse-lhes: “Não temais, eis que vos trago boa nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc 2.11). Natal é a boa nova do nascimento de Jesus. É o cumprimento de um plano traçado na eternidade. É a consumação da mensagem dos profetas. É a realização da expectativa do povo de Deus. Natal é a encarnação do Verbo de Deus. É Deus vestindo pele humana. Natal é Deus se fazendo homem e o eterno entrando no tempo. Natal é Jesus sendo apresentado como o Salvador do mundo, o Messias prometido, o Senhor soberano do universo. Quando essa mensagem foi proclamada, os céus se cobriram de anjos, que cantaram: “Glórias a Deus nas maiores alturas e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem” (Lc 2.14). O verdadeiro Natal traz glória a Deus no céu e paz na terra entre os homens. Natal é boa nova de grande alegria para todo o povo. O verdadeiro Natal foi celebrado com efusiva alegria no céu e na terra. Portanto, prossigamos em celebrar o nascimento do nosso glorioso Salvador!

27 comentários em “É legítima a comemoração do Natal?”

  1. Concordo que o Natal ganhou, com o passar do tempo, alguns elementos pagãos e foi distorcido.Mas quanto a se comemorar o Natal, tenho algumas objeções.

    1º Não se tem certeza da data exata do nascimento de Jesus.

    2º Não encontramos nenhuma evidencia bíblica de que os cristãos primitivos comemorassem o nascimento de Jesus.

    3º Jesus mandou-nos celebrar a sua morte e não o seu nascimento. Foi a morte de Jesus que nos trouxe a vida. A libertação do jugo do pecado e da morte. O mundo quer ofuscar a morte de Cristo celebrando o seu nascimento.

    1. Concordo plenamente com seu comentário.
      Gosto muito do Pr. Hernandes, porém não estou muito convicto de suas palavras quanto a esse assunto.
      Acrescento, que o Natal nasceu de uma festa pagã ( natalis invictus) onde infiéis comemoravam o solsticio de inverno sendo relacionado com o Deus Sol.
      Não tenho uma opinião formada ainda, preciso de mais esclarecimentos não só históricos como também baseados em nossa conduta cristã que não deve servir de escândos a nossos irmãos.
      Deus abençoe vc e o ministério do Pr Hernandes.

  2. Amado irmão e companheiro na pregação do evangelho a paz de Cristo continue sendo abundante em tua vida.
    Concordo que devemos todos os dias celebrar Cristo, nosso amado Senhor e Salvador.Mas onde na tradição diz que o nascimento do Amado de nossa alma aconteceu no dia 25 de Dezembro?Seguiremos nós a onda do paganismo que quis essa data como propícia para suas glutonarias,e hipocrisias que a bem da verdade não reconhecem em nada o Jesus SENHOR e SALVADOR,pois no muito que reconhecem não é O JESUS SALVADOR E SENHOR,mas um Jesus adaptado ao bel prazer deles,que no caso é o papai-noel,onde está a mensagem do arrependimento e a verdadeira adoração a Jesus como fizeram os magos que ao encontrá-lo O adoraram como o verdadeiro REI?Voltemos a verdade sobre JESUS

  3. Respeito muito o Pr. Hernandes meu colega de ministério e Igreja, mas não posso concordar com ele nesse quesito de Natal, cotinuo crendo que natal não se deve ser celebrado nos nossos templos com tantos enfeites, o colega não nos trouxe nenhum embasamento bíblico para nos esclarecer sua posição… Desejo a todos um feliz ano novo cheio de alegrias e felicidades sem muitos exageros nos gastos………….

  4. Bom dia Reverendo.Gostei muito desta pregação e concordo com tudo menos….gostaria de saber porque o sr colocou o presépio entre as coisas a serem evitadas no Natal.Fazia o presépio quando criança e era muito gostoso todo os anos abrir as caixas com as personagem e relembrar o nascimento de Jesus, Para mim é como uma foto de família a ser olhada com amor e esperança relembrando o acontecimento mais importante de todos os tempos para a humanidade.Tenha um Feliz Natal na graça de nosso Senhos Jesus Cristo.

  5. A comemoração do Natal já está empreguinada na sociedade contemporânea, não podemos mudar nem, a data, nem a tradição estabelecida, porém, como verdadeiros cristãos podemos viver e influenciar o significado real do Natal: Cristo em Nossos Corações.

  6. Os esclarecimentos do Pr Hernandes é mais um capítulo desse polêmico assunto. Confesso que não comemoro o Natal há muitos anos (devido à doutrina da minha Igreja), mas agora voltei a ficar em dúvida.

    1. Querido irmão, não tenha dúvida, a festa de natal não tem nada haver conosco, salvos em Cristo, não querendo desmerecer a sabedoria e o conhecimento do amado Pr. Hernandes, mas a Bíblia diz para não tomarmos a forma deste mundo. (Rm 12:2) e em momento algum da Bíblia nos manda lembrarmos do nascimento de Jesus, mas sim de sua morte até que volte, e se o amado for pesquisar bem, dia 25 de Dezembro pode ser dia de qualquer coisa, menos o nascimento de Jesus, isto é fato! além de muitas evidências de que não devemos realmente comemorarmos, está também o fato que nesse dia… macumbeiro, quizumbeiro… todos estão unidos na mesma festa, isso não é engraçado? Jesus disse: “Que união tem trevas com luz?” irmão, fique com a Palavra de Deus, voce está no caminho certo. Um grande abraço.

  7. Tenho visto alguns posicionamentos de alguns cristãos com espanto. Celebrar o Natal (nascimento de Jesus) é bom, é saudável e oportuno. Alguém postou que devemos celebrar a morte de Cristo tão somente, ora leiamos a Bíblia, Está Escrito em Lucas 2:10;11 que o anjo disse que o nascimento de Jesus era a notícia de GRANDE alegria ; A Bíblia diz que todos que ouviram a notícia ficaram MARAVILHADOS (Lc. 2:18) Os pastores glorificavam e louvavam a Deus (Lc. 2:20). Ouve festa no céu, um exército de seres angelicais regozijavam-se dando Glória a Deus (Lc. 2:13) . O nascimento de Cristo não celebrado: por Herodes, poderosos e pela turba religiosa que assassinou o Messias. Que Deus abençoe aos amados e ao Pastor Hernandes. Feliz Natal e ótimo 2012.

  8. Pr. Hernandes, sou um admirador das suas pregaçoes considero-as como verdadeiras mensagens de quem conhece profundamente as escrituras, sua visao apostolica nos ajudam a servir ao nosso Deus.
    Concordo também com sua opiniao a respeito do que deveria ser o Natal, mas nunca presenciei a verdadeira comemoraçao do nascimento de Cristo Jesus, ainda que a Biblia nao nos revele a data deste acontecimento milagroso.
    O que existe de fato no dia 25 de Dezembro eh uma demonstraçao de força do paganismo que impera nos meios de comunicaçao incentivando todo tipo de consumo, levando familias a se endividarem em nome do espirito natalino, comprando presentes, participando de glutonarias, bebedices e outras coisas que sao reprovadas pela palavra de Deus.
    Deveriamos sim, comemorar com alegria o dia em que nosso Salvador veio ao mundo, mesmo nao sabendo a data exata deste importante evento.
    Que tal se os pregadores do evangelho se lembrem de ensinar no decorrer do proximo ano, o verdadeiro significado de Natal para o povo cristao, talvez assim no proximo 25 de Dezembro estaremos reunindo as familias nos alegrando com a infinita da graça de Deus, que nos deu o seu Filho, como o maior presente que a humanidade ja recebeu.
    Chega de arvores de natal! Chega de papai noel! Chega de idolatrias! Chega de consumismo! Chega de concordarmos com o paganismo imperialista!
    Isto tem contribuido com o reino de Deus? Tem ganhado almas para Cristo? Ou estamos nos rendendo a este mundo perdido, querendo ser politicamente corretos?
    Povo de Deus estamos em guerra, mas nao eh contra carne nem sangue, e sim contra o espirito das trevas que opera neste seculo, como esta escrito no cap. 6 da carta de Paulo aos Efesios.
    VIVA CRISTO! ELE RESSUSCITOU!!!

  9. Concordo plenamente com as palavras do Pastor Hernandes e acrescento mais,que devemos sim comemorar a vinda do Messias e ao invés de colocarmos luzes, pisca-piscas, deveríamos colocar: PARABÉNS!!! JESUS POR TER NOS DADO ESTA DÁDIVA. Bem grande em nossas casas.

  10. oO Natal é a oportunidade de dissermos ao mundo que o nosso Redentor nasceu ,que por amor ele se fez homem,e que por amor a mim e a você ele se deu de presente a nós.Não importa o dia que Ele nasceu ,o que importa que nosso Salvador nasceu, se foi tal dia ou não ,a relevância é que seu nascimento mudou a humanidade.Agora o nascer de CRISTO traz consequência diárias ,se você acolheu um mendigo em sua casa ,se você foi visitar os enfermos (hospital do cancer),se você foi visitar os carcerados,se você foi…O nascimento de CRISTO fez a diferença na sua e na minha vida,pois demonstramos através destes atos o porque Ele nasceu, e porque é tão importante comemoramos sua vinda ao mundo.

  11. Eu acho que natal não tem nada a ver com cristo,os irmãos aproveitam da data pra entrarem na glutonaria do sistema capitalista.Estamos de fato parecidíssimos com o povo dessa terra, eramos pra sermos peregrinos em terra estranha!!

  12. Parabéns Pr. Hernandes, creio que o Sr. é o profeta de Deus para essa geração! Estamos muito órfãos de pregadores que falem a verdade. Que Deus o livre do ataque do maligno, rois eu sei tem incomodado fle profundamente! Deus o abençoe!

  13. Gostei muito do artigo e acredito que essa deva ser a nossa linha de exposição. Precisamos fazer uma verdadeira apologia da fé cristã e não perder tempo com aquilo que, infelizmente, só desagrega. Infelizmente o que vemos hoje são: “Guias cegos! que coais um mosquito, e engulis um camelo, Mateus 19:24”.
    Grande abraço a todos

  14. O pastor Hernandes deixou bem claro que não são os enfeites, isto é, árvores, papai noel, pisca-pisca, presépio,o verdadeiro significado do natal, porém, é com muito pesar que em muitas de nossas igrejas e em casas de crentes, usa-se o costume de colocar árvores de natal e enfeites em portas das casas. Quando é que nossos pastores e irmãos da igreja vão se acordar para a realidade?

  15. Parabéns pela mensagem esclarecedora. tenho assistido vários vídeos da sua pregação fico muito feliz. Que Deus continue a abençoar o seu ministério e a sua família. Me acrescenta nas suas orações, preciso de ajuda. Sou Cabo-verdiana e vivo em C.Verde.

  16. Pr Hernandes!!!

    Louvo ao Senhor Jesus pela sua vida!!! Excelente sermão!!! Somente aqueles que não leêm com atenção criticam, pois uma leitura atenta nos deixa claro a intenção de sua mensagem evangelística!!!

  17. Josué Rosa da Silva

    Não importa se natal teve origem em sua comemoração de 25 dezembro pagã. O q importa é que natal é p cristãos verdadeiros anunciar que Cristo, o Verbo, o Deus encarnado, veio a este mundo p salvar o pecador. É no natal q o mundo mais se lembra de Jesus. Se Ele não tivesse nascido carnalmente, fisicamente; não teria morrido fisicamente, carnalmente. Nascimento, vida, morte, ressurreição de Jesus, será sempre lembrada e anunciada pela igreja viva do Cristo Vivo. E igreja é cada cristão. Q todo cristão possa ser 1 anunciador de Cristo nasceu p salvar a todos aqueles q nEle crê e o segue verdadeiramente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *