Escolhendo a liderança da igreja

É Deus quem escolhe, chama e capacita a liderança da sua igreja. É Deus quem dá pastores à sua igreja. É o Espírito Santo quem constitui presbíteros na igreja. A igreja expressa a vontade de Deus pelo voto, mas em última instância é o próprio Deus quem escolhe aqueles a quem ele mesmo quer para pastorear as suas ovelhas. Hoje, esta igreja estará escolhendo, sob a orientação divina, presbíteros e diáconos. Nossa oração é que, aqueles que forem eleitos, sejam homens cheios do Espírito Santo, dedicados ao pastoreio do rebanho de Deus. Qual deve ser o perfil do líder na igreja de Deus?

1. O líder precisa andar com Deus antes de fazer a obra de Deus. Quando Jesus chamou os apóstolos, designou-os para estarem com ele; só depois, os enviou a pregar. Vida com Deus precede trabalho para Deus. A vida do líder é a vida da sua liderança. Deus está mais interessado em quem o líder é do que naquilo que o líder faz. Primeiro o líder anda com Deus, depois ele trabalha para Deus.

2. O líder precisa ter consciência do seu chamado divino. Paulo diz para os presbíteros de Éfeso: “Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos para pastoreardes a igreja de Deus”. É o Espírito Santo quem constitui presbíteros na igreja. O presbiterato é uma obra e uma obra excelente. Ninguém deve buscar esse ministério a menos que tenha consciência de que o Espírito Santo o convoca para esse mister. O presbiterato não é um posto de privilégio, mas uma plataforma de serviço. De igual modo, o diácono deve ter consciência do seu chamado para servir. O diaconato é uma sacrossanta vocação, uma vez que o próprio Filho de Deus veio para servir e não para ser servido.

3. O líder precisa cuidar de si mesmo e do rebanho de Deus. Cuidar de si sem cuidar do rebanho é egoísmo; cuidar do rebanho sem cuidar de si é incoerente. O líder precisa ter vida consistente e ministério eficiente. O presbítero precisa cuidar de todo o rebanho e não apenas de parte dele. O líder não pode fazer acepção de pessoas. Ele precisa pastorear as ovelhas e os cordeiros, os adultos e as crianças, e isso, com fidelidade, inteligência, sabedoria, graça, mansidão e amor. O líder precisa ser firme e também amável. O líder espiritual é aquele que cuida, ensina, protege e consola o povo de Deus.

4. O líder precisa proteger as ovelhas dos falsos ensinos. O apóstolo Paulo exortou os presbíteros de Éfeso a estarem atentos acerca dos lobos que estão do lado de fora querendo entrar no aprisco para destruir as ovelhas e dos lobos travestidos de ovelhas que estão dentro do aprisco buscando uma ocasião para se manifestarem e arrastarem após si as ovelhas. Cabe aos presbíteros velar pela vida espiritual das ovelhas de Cristo. Eles devem proteger as ovelhas de Cristo das perniciosas heresias e vigiar para que os falsos mestres não tenham acolhida na igreja de Deus. Cabe aos diáconos estarem atentos às necessidades físicas e espirituais dos crentes, a fim de que na igreja de Deus as necessidades dos santos sejam supridas.

5. O líder precisa ter motivações corretas no pastoreio do rebanho de Deus. O líder espiritual deve fazer a coisa certa, cuidar do rebanho de Deus, com a motivação certa. O presbítero deve pastorear a igreja de Deus em vez de apascentar a si mesmo. Ele deve pastorear a igreja de Deus não como uma pesada obrigação, mas espontaneamente. Nessa lida, o presbítero deve buscar os interesses de Cristo e da igreja e não vantagens pessoais. Ele deve ser amável com as ovelhas de Cristo, tratando-as com acendrado amor, servindo-lhes de exemplo, em vez de dominá-las com rigor. Por sua vez, os diáconos devem servir às mesas, cuidar dos pobres, assistir os necessitados e expressar por intermédio de seu ministério a misericórdia divina.

5 Comentários

  • Rebeh Posted 17 de maio de 2010 9:49

    Muito bem escrito, muito bem redigida, com idéias extraordinárias. Apenas seria mais bíblica caso tivesse referências bíblicas. O texto bíblico passa a mensagem de que o Reverendo não usou apenas a lógica humana ou um retalho de citações de autores intelectuais, mas fundamentou sua mensagem na Bíblia, a Palavra de verdade.
    Que YHWH o bendiga e o capacite dioturnamente a fim de ralizar a obra de um obreiro aprovado.

    • Administrador Posted 20 de maio de 2010 18:39

      Rebeh e outros,

      Muito obrigado por seus comentários e palavras de incentivo.

      As pastorais são textos mais curtos e nem sempre estarão com referências bíblicas.

      Sua preocupação é válida mas espero que entenda que nos textos da seção “Sermões”, como são mais longos, as referências estarão mais presentes do que nas Pastorais.

      PS.: Isso não quer dizer que as Pastorais estão baseadas apenas na lógica do Pr. Hernandes, pois é possível perceber a base na Palavra da Verdade, mesmo que não informando os capítulos e versículos usados.

  • Marcos Munhoz Posted 31 de maio de 2010 11:35

    A mensagem é completa e muito coerente, aborda pontos muito interessantes.
    Atualmente vejo um apagão de liderança, não somente no meio da Igreja Evangélica como também no meio dos Governantes. Tenho visto muito corporativismo e neste caso tenho certeza que Deus está permitindo muitos de nossas escolhas, o ideal é Deus dirigir nossas escolhas.
    No ponto 1 lemos: Deus está mais interessado em quem o líder é do que naquilo que o líder faz, concordo 100%.
    Porém a mensagem não para no ponto 1.
    Deus nos ama e portanto nos corrigi e disciplina.
    Não é possível corrigir colocando panos quentes ou não confrontando o pecado em nossas vidas.
    Porém muitas vezes temos medo de confrontar para não ofender e então ouvimos: “Mas se agente for corrigir desta forma a Igreja ficará vazia, sem jovens….”.

  • Danilo dos Anjos Posted 16 de agosto de 2010 18:58

    entendo sim a importancia de ter as referencias biblicas em pastorais e sermões; porém entendo também que devemos ser como os crentes de BEREIA.. consultar aquilo que está sendo pregado e ensinado e assim saberemos se o que está sendo dito vem DO SENHOR ou não.

  • Antonio Magnus Martins Amorim Posted 4 de janeiro de 2014 13:22

    Muito proveitoso tais refêrencias, o lider deve coloca-se na posiçaõ de mordômo. cuidando do que DEUS lhe confiou.

Responder

Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *