EXPECTATIVA OU GARANTIA DE VITÓRIA?

Os olhos do mundo estão voltados para a Rússia. Está acontecendo a vigésima primeira edição do maior evento esportivo do planeta, a copa do mundo de futebol. São trinta e duas seleções que disputam este certame, com vistas ao título de campeões do mundo. O Brasil é a única seleção que disputou todas as copas e já conquistou cinco títulos mundiais. Inobstante, o Brasil ser um dos favoritos, temos apenas expectativa de vitória e não certeza da vitória. É só lembrar o fenômeno maracanaço ocorrido em 16 de julho de 1950, quando o Brasil dependendo apenas de um empate com o Uruguai, perdeu o jogo por dois a um. Ou mais recentemente, na copa de 2014, quando o Brasil sofreu a humilhante goleada de sete a um, da Alemanha, no Mineirão. No futebol não há como ter certeza. As expectativas de vitória, não raro, transformam-se em derrotas amargas e fatídicas.

Na vida cristã, entretanto, não é assim. Nós, que cremos em Cristo, e já fomos justificados pela fé, temos garantia de vitória. Somos mais do que vencedores em Cristo Jesus. No futebol ganha o melhor; na vida cristã, é salvo aquele que crê em Cristo Jesus. No futebol, a vitória é resultado do desempenho dos jogadores em campo; na vida cristã, a vitória é resultado do sacrifício de Cristo realizado na cruz. No futebol, a taça da vitória é consequência do esforço humano; na vida cristã, a coroa da vitória é resultado da graça de Deus concedida a nós. Não somos salvos pela obra que realizamos para Deus, mas pela obra que Cristo realizou por nós na cruz do calvário. Somos mais do que vencedores não porque somos fortes ou trabalhamos para merecer a vitória; somos vencedores porque Jesus conquistou para nós, a nossa redenção.

Na vida cristã, os mais fracos são vencedores, porque a vitória não é dos fortes nem dos que correm melhor, mas daqueles que, reconhecendo sua fraqueza, confiam no Senhor. Nossa vitória não é conquistada dentro das quatro linhas do jogo da vida, mas foi conquistada na cruz. Agora, não entramos em campo para saber se vamos ganhar ou perder. Já fomos feitos mais que vencedores. Morremos com Cristo e ressuscitamos com ele. Estamos assentados com ele, nas regiões celestes, acima de todo principado e potestade. O Espírito Santo nos selou para o dia da redenção. Nosso nome está escrito no livro da vida. Ninguém pode nos arrancar dos braços de Jesus. Nada neste mundo nem no vindouro pode alterar esse glorioso resultado em nossa vida. Nossa vitória é permanente, nosso triunfo é seguro, nossa garantia é eterna.

Aqueles que já foram feitos vencedores, devem agora, viver de modo digno daquele que nos deu a vitória. Precisamos ser leais ao nosso divino Salvador. Precisamos viver de acordo com suas leis. Precisamos honrá-lo com nossa vida, exaltá-lo com nossas palavras e torná-lo conhecido pelas nossas obras. Não vivemos mais para nós, mas para o louvor de sua glória. Somos dele. Ele nos comprou por alto preço. Ele habita em nós e nos reveste de poder mediante a unção do seu Espírito. Não precisamos mais viver tristes, pois ele tirou de sobre nós o pano de saco e cinzas e nos cobriu com vestes de louvor. Agora não precisamos mais viver nos arrastando, vencidos pelas nossas fraquezas, pois temos ao nosso dispor, a suprema grandeza do seu poder, para vivermos vitoriosamente. Não podemos mais caminhar pela vida, mergulhamos no fracasso emocional, pois em Cristo temos alegria indizível, paz que excede todo o entendimento e o poder sobrenatural de sua ressurreição. É tempo, portanto, de erguemos bem alto a bandeira da vitória, dizendo ao mundo que em Cristo, não temos apenas expectativa de vitória, mas certeza da vitória!

Rev. Hernandes Dias Lopes

1 Comentário

  • Assis Posted 16 de junho de 2018 11:12

    Gloria a Deus que nos dá a vitória em Cristo Jesus

Responder

Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *