Homofobia, um esclarecimento necessário

A palavra homofobia está na moda. No mundo inteiro discute-se a questão do homossexualismo. Em alguns países já se aprovou a lei do casamento gay. Aqui no Brasil, tramita no congresso um projeto de lei (PL 122/2006), que visa a criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual. O assunto que estava adormecido, em virtude de firme posição evangélica contra o referido projeto de lei, mormente na efervescência da campanha política de 2010, ganhou novo fôlego com a nova proposta da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que pleiteia a reclusão de cinco anos, em regime fechado, para quem se posicionar publicamente contra o homossexualismo. Diante desse fato, quero propor algumas reflexões:

Em primeiro lugar, esse projeto de lei fere o mais sagrado dos direitos, que é a liberdade de consciência. Que os homossexuais têm direito garantido por lei de adotarem para si o estilo de vida que quiserem e fazer suas escolhas sexuais, ninguém questiona. O que não é cabível é nos obrigar, por força de lei, concordar com essa prática. Se os homossexuais têm liberdade de fazer suas escolhas, os heterossexuais têm o sagrado direito de pensar diferente, de serem diferentes e de expressarem livremente o seu posicionamento.

Em segundo lugar, esse projeto de lei cria uma classe privilegiada distinta das demais. O respeito ao foro íntimo e à liberdade de consciência é a base de uma sociedade justa enquanto a liberdade de expressão é a base da democracia. Não podemos amordaçar um povo sem produzir um regime totalitário, truculento e opressor. Não podemos impor um comportamento goela abaixo de uma nação nem ameaçar com os rigores da lei aqueles que pensam diferente. Nesse país se fala mal dos políticos, dos empresários, dos trabalhadores, dos religiosos, dos homens e das mulheres e só se criminaliza aqueles que discordam da prática homossexual? Onde está a igualdade de direitos? Onde está o sagrado direito da liberdade de consciência? Onde o preceito da justiça?

Em terceiro lugar, esse projeto de lei degrada os valores morais que devem reger a sociedade. O que estamos assistindo é uma inversão de valores. A questão vigente não é a tolerância ao homossexualismo, mas uma promoção dessa prática. Querem nos convencer de que a prática homossexual deve ser ensinada e adotada como uma opção sexual legítima e moralmente aceitável. Os meios de comunicação, influenciados pelos formadores de opinião dessa vertente, induzem as crianças e adolescentes a se renderem a esse estilo de vida, que diga de passagem, está na contramão dos castiços valores morais, que sempre regeram a família e a sociedade. O homossexualismo não é apenas uma prática condenada pelos preceitos de Deus, mas, também, é o fundo do poço da degradação moral de um povo (Rm 1.18-32).

Em quarto lugar, esse projeto de lei avilta os valores morais que devem reger a família. Deus criou o homem e a mulher (Gn 1.27). Ninguém nasce homossexual. Essa é uma prática aprendida que decorre de uma educação distorcida, de um abuso sofrido ou de uma escolha errada. Assim como ninguém nasce adúltero, de igual forma, ninguém nasce homossexual. Essa é uma escolha deliberada, que se transforma num hábito arraigado e num vício avassalador. Deus instituiu o casamento como uma união legal, legítima e santa entre um homem e uma mulher (Gn 2.24). A relação homossexual é vista na Palavra de Deus como abominação para o Senhor (Lv 18.22). A união homossexual é vista como um erro, uma torpeza, uma paixão infame, algo contrário à natureza (Rm 1.24-28). A Palavra de Deus diz que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, a não ser que se arrependam dessa prática (1Co 6.9,10). Porém, aqueles que se convertem a Cristo e são santificados pelo Espírito Santo recebem uma nova mente, uma nova vida e o completo perdão divino (1Co 6.11).

29 comentários em “Homofobia, um esclarecimento necessário”

  1. É lamentável a possível aprovação de um projeto de lei que “visa a criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual”. Estaremos perdendo o perfil de um país democrático sem a liberdade de espressão.
    Mais lamentável ainda é saber que a igreja brasileira por meio de sua membresia apóia tal prática, indiretamente, pelo apoio às novelas, filmes e músicas que fazem alusão ao homossexualismo.
    Triste também é saber que nossa sociedade trata com desrespeito os homossexuais, rotulando-os com apelidos sarcásticos e agredindo-os.
    Que Deus nos abençoe capancitando-nos a sermos mais tolerantes mas, ao mesmo tempo, tementes à Deus.

    1. Ontem nos jornais,foi publicado que o casamento,direitos de adoção,herança,bem como todos os direitos de um casal hétero,estava praticamente aprovado,e fico pasme de ver nós,os evangélicos deste país,de braços cruzados.Tinhamos que ir as praças,as ruas,com faixas,banda e orquestras das igrejas(Que ñ saem do templo) ,protestar.Ou não somos protestantes?

  2. Rev. Hernandes, acredito ser muito conveniente, edificante, compreensível, e o mais importante demonstra com clareza os ensinamentos das Sagradas Escrituras sobre este assunto. Todavia, na sua quarta argumentação, considero ser relevante, mencionar uma explicação, relacionada aos casos de homossessualismo associados a aspectos da saúde de uma forma geral (constituição genética, disfunção hormonal, distúrbios mentais, etc.) que poderiam ser responsáveis por esta característica “em alguns indivíduos homossessuais”.

  3. Querido Rev. Hernandes!!

    João Calvino disse certa vez: “Não precisamos temer a verdade onde quer que ela esteja”, temos a Palavra de Deus, e cremos que o que está escrito é verdade infalível. Esta sociedade passa talvez pelo período de maior degradação moral jamais existente na história desse país. Mas como em toda noite de trevas e escuridão, sempre há um relampejar de luz. Servos do Senhor comprometidos com a Palavra de Deus e com o Deus da Palavra, sempre nos trazendo aquilo que é lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos. Deus continue sempre a lhe abençoar. Graça e paz!

  4. Triste condição fomos relegados devido ao pecado.A sociedade caminha cada dia com mais pressa ,em oposição à vontade de Deus e à Sua Palavra.Está aí a mídia a incentivar tais práticas.Só temos assistido crimes,violências e todo tipo de assalto às famílias.E assim vemos nossos jovens totalmente perdidos,sem direção.A mortalidade só faz crescer a cada dia e os pais sem saberem onde buscar socorro.Nossos políticos,advogam somente em causa própria e muitos quando abrem suas bocas,dela saem rios caudalosos de lama fétida.Que nosso Deus tenha misericórdia da nação brasileira.

  5. Reverendo gostei muito do seu posicionamento e explicação sobre afronta a palavra de Deus e a liberdade de ir e vir de cada um. Eu sou contrário esta lei porque fere principio bíblicos, socias, e familiares. obrigado pelo esclarecimento

  6. Um projeto de lei como este que encabeçado pelos defensores do homossexualismo dentro dos poderes, só nos mostram que esses poderes estão contaminados por mentes relativizadas em relação aos absolutos de Deus. Todos nós respeitamos a posição dos homossexuais, mas não podemos é sermos forçados por lei aceitar e nos tirar o direito por direito garantindo pela Constituinte de expressar a minha liberdade de consciência em relação a este assunto. Nós, como evangélicos devemos estar sempre por dentro de todas leis que estão sendo criadas nesses poderes. Temos também que continuarmos fieis a Palavra de Deus em todos os momentos de nossas vidas com sabedoria. Que a igreja seja sal e luz desse mundo para tirar pela pregação do evangelho esses que estão na escuridão.

  7. Os próprios homossexuais sabem que o que eles praticam é imoral,abominável e PECADO,mas para se sentirem menos culpados tentam de todas as formas coagir a sociedade a aceitar essa imundície. A mente cauterizada dessas pessoas, acredita que pecado dividido pesa menos. O mais doloroso de tudo isto,é ouvir os comentários hipócritas dos chamados “sem preconceitos”. Eu gostaria de ver,ouvir,um desses “sem preconceitos” encher o peito e afirmar que gostaria de ter um filho homossexual,que sente prazer e alegria em ter um(a) Filho(a) gay. É dose cavalar,aliás para os 4 cavalos do apocalípse !

  8. Muito pertinente o texto. Faço de suas palavras as minhas.
    Fica claro que não condenamos “a pessoa” que é homossexual e sim o ato da homossexualidade, que é onde está toda a confusão. Quanto ao pecado eu tenho um preconceito sim, quanto ao pecador, todos o somos, alguns arrependidos e salvos por Cristo, outros não.
    Deus nos abençoe

  9. Concordo com o que foi postado e , gostaria de sugerir que as igrejas se unissen contra esta lei, e contra o que está acontecendo no nosso estado, pois até mesmo professores evangélicos estão sendo obrigados a ensinar de acordo com orientação da SEDU que existem vários tipos de sexo e as crianças tem o direito de escolhher o que lhe agradar e aceitar como uma prática normal os que assim o fazem, ouvi até alguém dizer que se deveria ensinar os pequeninos nas escolas para que pudessem debater em casa e ir contra as opiniões dos pais.AÇÃO MALÍGNA os pais é que estão errados quando dizem que Deus criou homem e mulher,nossos filhos estão sendo preparados na escola para este debate.Vamos ficar parados vendo isto acontecer?OREMOS!!!!!

  10. Parabéns pelo teu texto! É bastante lúcido!

    De minha parte, também vejo com repugnância o tal projeto 122/2006, que criará uma classe privilegiada e uma ditadura. A perseguição já existe, pessoas já estão sendo molestadas judicialmente e expostas publicamente pelo fato de discordarem de prática tão infame. Imaginem, então, o que sucederá se o abominável projeto for aprovado.

  11. Graça e Paz!

    Infelizmente, estamos um país onde a mais alta corte STF, vota por unanimidadeo casamento civil entre pessoas do mesmo sexo permitindo as uniões homoafetivas passando a serem tratadas como um novo tipo de família! Isso define a total inversão de valores empregnada a essa nação IDÓLATRA, Senhor clamo a ti por misericórdia pois quando penso na destruição de SODOMA e GOMORRA….
    Que o Senhor nosso Deus trabalhe em nossas vidas para Sua Honra e Glória em o Nome de Jesus.

  12. Somos Cristaos e temos que nos unir para que a palavra de Deus nao seja afrontada, como esta sendo. Como está na palavra, tudo esta escrito e os cristaos serao perseguidos, ja estamos sendo perseguidos agora. Acreditem! Por sermos fiéis a palavra de Deus.

  13. Não podemos jamais tomar a forma deste mundo, ele ama o pecado, esta comprometido com ele e o desafio maior e seguir-mos os ensinamentos de Jesus que vai na contramão de tudo isso que esta ai, é hora de preservar a nossa família, a arca já esta se fechando é lamentável que tanta gente queira ficar de fora.

  14. Rev. Hernades Dias ,

    Como o snehor é uma pessoas conhecida em todo brasil e sua palavra tem peso e respeito pr todos que assite seu programa, peço que por favor mobilize, fale algo para que o povo de Deus , possa levantar contra aprovaçã da LP122 .
    Pois é a familia que estar em alvo.

  15. Muito me alegra a posição do nosso irmão Hernandes, digna de um servo de Deus, de um profeta que não teme falar a uma nação pervertida, que inverte os valores.
    Mais feliz ainda fico, porque afinal, alguma autoridade de peso dentro da nossa querida IPB tem a coragem de tomar um posicionamento e se manifestar publicamente.
    Que Deus continue te usando como profeta a esta nação.

  16. Caro Reverendo Hernandes Dias Lopes, o parabenizo pela excelente abordagem a um tema que muitos tem dificuldade de entender em função de uma abertura errada na exposição do assunto pelos interessados na aprovação desta lei promíscua. Que Deus em Cristo continue abençoando sua vida e ministério. Aproveito para pedir autorização para repúblicar esta matéria em nosso portal.

  17. Caro Reverendo Hernandes Dias Lopes, o parabenizo pela excelente abordagem a um tema que muitos tem dificuldade de entender em função de uma abertura errada na exposição do assunto pelos interessados na aprovação desta lei promíscua. Que Deus em Cristo continue abençoando sua vida e ministério. Aproveito para pedir autorização para repúblicar esta matéria em nosso portal.

  18. É lamentavel que nosso país chamado cristão chegue a este ponto.infelizmente estamos vendo aqueles que deveriam zelar pela moral e bons costumes em nosso país dilacerando com todos os valores impetrados por Deus.Fico feliz de ver a posição de nosso povo o povo de DEus que tem se levantado contra o que estar por vir,meu desejo é que a nação evangelica lute para que a Biblia não seja considerada pelos impios como um livro homofobico o que esta em jogo é maior do que imaginamos devemos orar e pedir ao SEnhor que nos ajude nesta empreitada!

  19. Glória a Deus por sua vida, por sua sabedoria em escrever e publicar essas linhas.
    Que a boa mão de Deus seja sempre com o irmão e que sempre expresse sua indignação com o erro, com o pecado, pois, creio que será ânimo para outros profetas se pronunciarem diante de tão densas trevas.

  20. O Plano Nacional LGBT em tudo que pretende é plena agressão ao Estado de Direito ou também é nas suas estratégias de paulatinamente desconstruir a heteronormatividade (heterossexualidade) do povo brasileiro, uma flagrante CONSPIRAÇÃO, conforme o confessado no próprio Plano: capítulo 2 ─ Estratégia; no terceiro quadro, item 1. 2. 20 de competência do Ministério da Saúde.
    Para entender tudo isto leia o Blog O QUE É O PLANO NACIONAL LGBT, endereço ─ http://www.direitoshumanosrespeitoejustica.blogspot.com , no qual detalho os principais pontos que ferem de forma compulsória nosso direito de cidadãos.
    Atenciosamente JORGE VIDAL

  21. Compartilho dos mesmos pensamentos. Precisamos muito de referência! O mundo precisa de referência! Os jovens precisam!!! Precisamos da força de Deus para enfrentar isso e nos posicionar. Que Deus nos proteja para sermos profetas e anunciadores da Boa Nova!

  22. Pingback: PL 122 fere o direito de liberdade de consciência, diz Hernandes Dias Lopes

  23. É de grande tristeza saber que o homossexualismo está invadindo as igrejas e a mente dos crentes, como vimos nas msgs anteriores até crentes questionando se realmente não nascem assim, precisamos estudar mais a bíblia a palavra da verdade . Deus não criou meio sexo, ele criou feminino e masculino.Não deixem satanás confundir a mente de vocês fiquem firme até fim!! E vamos falar de Deus a essas pessoas que tem se permitido essa prática do pecado em suas vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *