Os dons espirituais à luz da Bíblia

Os dons espirituais são dádivas de Deus à igreja para a realização do ministério e a edificação dos santos. Não são dotes naturais, mas capacitação sobrenatural. Não são alcançados por mérito, mas distribuídos pela graça. Não são distribuídos conforme o querer humano, mas segundo a vontade soberana do Espírito Santo. Quatro verdades merecem ser destacadas sobre os dons espirituais.

Em primeiro lugar, a origem dos dons espirituais. Os dons espirituais não procedem do homem, mas de Deus. Não podem ser confundidos com talentos naturais. Não é um pendor humano nem uma habilidade inata que alguém desenvolve. Os dons espirituais são concedidos aos membros do corpo de Cristo, pelo Espírito Santo, quando creem em Cristo, e são desenvolvidos na medida em que os fiéis os utilizam para a glória de Deus e edificação dos salvos. Nenhuma igreja pode conceder os dons. Nenhum concílio eclesiástico tem autoridade para distribuí-los. Os dons espirituais são dádivas de Deus à igreja. São distribuídos segundo a vontade do Espírito e não conforme as preferências humanas. Eles vêm do céu e não da terra; emanam de Deus e não dos homens.

Em segundo lugar, a natureza dos dons espirituais. Os dons espirituais são uma capacitação sobrenatural dada pelo Espírito Santo aos membros do corpo de Cristo para o desempenho do ministério. Nós somos individualmente membros do corpo de Cristo. Cada membro tem sua função no corpo. Nenhum membro pode considerar-se superior nem inferior aos demais. Todos os membros são importantes e interdependentes. Servem uns aos outros. Pelo exercício dos dons espirituais as necessidades dos santos são supridas, de tal forma que, numa humilde interdependência todos os salvos crescem rumo à maturidade, à perfeita estatura do Varão perfeito, Cristo Jesus.

Em terceiro lugar, o propósito dos dons espirituais. Os dons espirituais são recebidos de Deus e exercidos com Deus, por Deus e para Deus para que a igreja de Cristo tenha suas necessidades supridas e possa, assim, cumprir cabalmente sua missão no mundo. Não nos bastamos a nós mesmos. Nenhum membro do corpo de Cristo ficou sem dons e nenhum recebeu todos os dons. Devemos suprir as necessidades uns dos outros. Dependemos uns dos outros. No corpo há unidade, diversidade e mutualidade. Os membros não têm vida independente do corpo. Cada membro do corpo tem sua função. Cada membro precisa exercer o seu papel para que o corpo cresça de forma harmoniosa e saudável. O corpo cresce de forma harmoniosa e saudável quando servimos uns aos outros conforme o dom que recebemos.

Em quarto lugar, o resultado dos dons espirituais. Os dons espirituais têm dois propósitos: a glória de Deus e a edificação da igreja. Deus é mais glorificado em nós quanto mais nós nos deleitamos nele e servimos uns aos outros. O dons espirituais não são dados para autopromoção. Nenhum membro da igreja pode gloriar-se por ter este ou aquele dom, pois os dons são recebidos não por mérito, mas por graça. Usar os dons para exaltação pessoal é dividir o corpo em vez de edificá-lo. A igreja de Deus não é uma feira de vaidades, mas uma plataforma de serviço. No reino de Deus maior é o que serve. No reino de Deus perdemos o que retemos e ganhamos o que distribuímos. Quando investimos nossa vida, recursos e dons para socorrer os aflitos, fortalecer os fracos, instruir os neófitos, ajudar os necessitados e encorajar os santos, o nome de Deus é exaltado, o mundo é impactado e a igreja é edificada. Quando usamos os dons espirituais da forma certa e com a motivação certa, Deus é exaltado no céu e os homens são abençoados na terra.

10 Comentários

  • Airton Posted 6 de agosto de 2013 12:21

    Artigo maravilhoso sobre os dons espirituais de acordo com a palavra de Deus, que serve para nos esclarecer como salvos e membros do corpo de Cristo. Que continue te usando poderosamente, com este dom(ensino), para o crescimento da igreja(corpo de Cristo)

  • Marcelo Tavares Posted 7 de agosto de 2013 12:05

    Os dons foram presentes oferecidos pelo Senhor a igreja, pois ele sabia a grande confusão que viria. Quando aprendemos que são presente alcançados não por mérito próprio, mais são presenteados pelo espírito de Deus, nos tornamos servos aptos a administra-los a favor do corpo de Cristo para edificação dos necessitados, que nesta última hora não tem sido poucos. Muitos estão machucados, feridos, desiludidos, sem fé. Nesta hora o servo que usar da melhor maneira o dom de palavra de sabedoria, o de dicernimento de espírito, ajudará e muito a todos os demais que necessitarem, muitos estão precisando. Que Deus use a todos quanto se fizerem necessário para instrução no caminho de Jesus Cristo.

  • José Fernandes Teixeira Posted 22 de agosto de 2013 11:42

    Artigo maravilhoso, que o Senhor continue lhe dando sabedoria para que a cada dia sejamos edificados com textos fundamentados na santa palavra de Deus.

  • jussara Posted 26 de agosto de 2013 20:56

    Prezado irmao, devemos nao convidar um irmao crente para visitar nossa igreja? Corremos algum risco com isso, fomos instruidos para nao convidar, para nao correr o risco de retribuirmos a visita e ser contaminados por uma outra falsa doltrina de alguma igreja. Sabe irmao isto tem me atormentado, porque eu entendo q devo ajudar a qualquer pessoa a encontrar o caminho da verdade.

  • filipe mattos Posted 2 de abril de 2014 11:28

    paz pastor,excelente artigo que Deus continue iluminando a sua mente.

  • Jonas Paiva Junior Posted 5 de abril de 2014 22:07

    Parabéns pela visão recebida do ESPÍRITO SANTO sobre este assunto tão relevante!

  • José Vilmar Carneiro Posted 20 de abril de 2014 0:14

    Deus abençoe eque muitos estudos nos ajude a conhecer melhor a Palavra de Deus

  • Oumirando Primo Posted 11 de agosto de 2014 10:00

    Excelente estudo. Sei e concordo que os dons são distribuídos pelo Espírito Santo e não por homens. Mas se for possível gostaria de um esclarecimento sobre Romanos 1.11, quando Paulo diz: “…desejo ver-vos a fim de repartir convosco algum dom espiritual…”

  • Macia Posted 19 de agosto de 2015 7:29

    Gloriaa a Deus!

  • Jaime Batista Posted 30 de janeiro de 2016 11:54

    Estudo simples e esclarecedor. Só gostaria de fazer um pedido:
    Acho de vital importância colocar as referencias bíblicas de algumas afirmações contidas no texto, de modo com que o estudo seja mais rico e inquestionável. obg Pastor!

Responder

Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *