Uma mocidade forte

A juventude é uma fase empolgante da vida. Ela é cheia de vigor, marcada por sonhos altaneiros, bafejada por um sublime idealismo. Ser jovem cristão neste mundo, entretanto, é um grande desafio, pois a juventude, de forma geral, está sem referencial, confusa, sem valores absolutos e sem alvos definidos. Nossa sociedade está vendo seus jovens se capitulando debaixo das botas dos vícios mais degradantes. Está vendo seus jovens desfibrando-se moralmente, mergulhados num hedonismo selvagem, entregando-se no altar aviltante da promiscuidade mais escandalosa. Assistimos, estarrecidos, uma geração jovem copiando os piores modelos, seguindo os paradigmas mais extravagantes, rebelando-se contra todos os valores absolutos de Deus, exarados em Sua Palavra.

O jovem cristão, neste sociedade caotizada pelo pecado, tem uma grande responsabilidade. Conforme disse Paulo a Timóteo, temos que ser modelos na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza. Temos que guardar puro o nosso caminho pela observância cuidadosa da Palavra de Deus. Como disse o apóstolo João, temos que ser fortes, temos que reter a Palavra em nosso coração, temos que vencer o maligno. Como jovens, temos que ser uma geração santa, fiel, que conheça a Deus na intimidade. Temos que ter mais do que nome de cristãos, temos que sê-lo genuinamente. Temos que impactar nosso meio não apenas com palavras de poder, mas com atos irrefutáveis. Temos que ser, antes de dizer. Temos que viver, antes de mostrar. Temos que falar a Deus antes de falar aos homens. Temos que reter a Palavra, antes de ensiná-la. Temos que adornar a doutrina que professamos com uma vida irrepreensível.

Conclamo, portanto, a juventude da nossa igreja a levar Deus a sério. Deus está buscando alguém cujo coração seja totalmente dele. Queremos ver uma mocidade comprometida com Deus, santa, pura, digna da sua elevada vocação. Queremos ver jovens que se empolguem com os projetos do Reino de Deus e não com as coisas deste mundo posto no maligno. Queremos ver o levantamento de uma geração jovem que conheça a intimidade do altar, que tenha uma vida abundante de oração, que se deleite no louvor ao Deus vivo, que testemunhe com ousadia e desassombro o Evangelho da cruz. Estamos orando para que os jovens da nossa igreja, levantem-se na força do Espírito Santo, como uma mocidade compacta, unida, coesa, vigorosa, determinada a realizar grandes projetos no Reino de Deus. Podemos sonhar grande. Podemos pensar alto. Podemos alçar vôos altaneiros. O Evangelho que abraçamos é o poder de Deus para a salvação de todo o que crê. O Espírito que recebemos é Espírito de poder. O Reino que está dentro de nós, não consiste de palavras, mas de poder. Não precisamos viver como fracos. Somos mais do que vencedores. Temos que ser jovens mais arrojados, mais fiéis, mais determinados em andar com Deus, em viver para Deus e em realizar grandes coisas para a glória de Deus. Avante mocidade, em nome de Jesus!

Rev. Hernandes Dias Lopes.

1 Comentário

  • Luiz Cezar de Macedo Soares Posted 16 de maio de 2011 20:28

    Amado Pr. Hernandes,

    O senhor escreveu esta mensagem em 2004, e ela continua mais atual do que nunca. Precisamos de uma mocidade forte, no Senhor, nas nossas igrejas.

    Que Deus continue te abençoando e te usando nas nossas vidas

Responder

Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *