alegria

A NOSSA ESPERANÇA ESTÁ NO SENHOR

Há desespero na esperança humana. Nossos pilares não são suficientemente firmes para suportar os esbarros da vida. Tempestades borrascosas desabam sobre nós e, não raro, abalam nossas estruturas. Não somos suficientemente fortes. Nossa força, ainda que a mais robusta, não passa de consumada fraqueza. O nosso vigor físico, por mais exuberante, pode ser debilitado repentinamente …

A NOSSA ESPERANÇA ESTÁ NO SENHOR Leia mais »

ALEGRIA INDIZÍVEL E CHEIA DE GLÓRIA

“A quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória” (1Pe 1.8).   O apóstolo Pedro está escrevendo aos crentes da dispersão, espalhados por cinco diferentes províncias romanas. Esses irmãos eram eleitos de Deus. Estavam sendo santificados e nutridos por uma viva esperança. Mesmo …

ALEGRIA INDIZÍVEL E CHEIA DE GLÓRIA Leia mais »

O CLAMOR DO AFLITO

“Estou aflitíssimo; vivifica-me, Senhor, segundo a tua palavra” (Sl 119.107).             A aflição é inevitável. Chega para todos, sem exceção. A vida não se desenrola num parque de diversões. Aqui navegamos por mares revoltos e atravessamos desertos inóspitos. Pessoas e circunstâncias tiram nossa alegria. Preocupações e ansiedade roubam nossas forças. Pecados e transgressões estrangulam a …

O CLAMOR DO AFLITO Leia mais »

Vestes de alegria em vez de pranto

A vida é o percurso que fazemos do berço à sepultura. Nessa jornada escalamos montanhas altaneiras, descemos a vales profundos, atravessamos pinguelas estreitas sobre pântanos perigosos e cruzamos desertos tórridos. Aqui e ali encontramos alguns oásis, alguns jardins engrinaldados de flores, alguns prados verdejantes. Porém, vivemos num mundo hostil, marcado pelo pecado e pela rebelião …

Vestes de alegria em vez de pranto Leia mais »

O choro que deságua em alegria eterna

Referência: Mateus 5.4 INTRODUÇÃO 1. Esta bem-aventurança contém o maior paradoxo do Cristianismo. Poderíamos traduzir: “Felizes os infelizes”. Que espécie de tristeza é esta que pode produzir a maior felicidade? 2. A palavra usada por Jesus para chorar (panthoutes) significa lamentar, prantear pelo morto. Entristecer-se com uma profunda tristeza que toma conta de todo ser …

O choro que deságua em alegria eterna Leia mais »

A alegria do crente é ultra-circunstancial

Tiago, líder da igreja de Jerusalém, escreve para as doze tribos da dispersão, gente que estava vivendo no vale do sofrimento, perdendo seus bens e sua liberdade. Para esses crentes fuzilados pelos ventos da perseguição, Tiago traz uma palavra de encorajamento. Destacaremos, aqui, alguns pontos importantes: Em primeiro lugar, as provações na vida do crente …

A alegria do crente é ultra-circunstancial Leia mais »