eleição

OS CINCO PILARES DA REFORMA PROTESTANTE

            A Reforma Protestante foi o mais importante movimento da igreja depois do Pentecostes. Não foi uma inovação, mas um retorno ao Cristianismo primitivo, à doutrina apostólica. No dia 31 de outubro de 1517, o monge agostiniano Martinho Lutero, fixou nas portas da igreja de Wittenberg as noventa e cinco teses contra as indulgências, deflagrando …

OS CINCO PILARES DA REFORMA PROTESTANTE Leia mais »

Fé operosa, evidência da eterna eleição

A doutrina da eleição não foi criada por nenhum concílio eclesiástico, mas revelada por Deus em sua palavra. Não é produto da investigação humana, mas do decreto divino. A eleição é eterna e incondicional. Deus nos escolheu antes da fundação do mundo e escolheu-nos sem levar em conta qualquer suposto mérito humano. Deus nos escolheu …

Fé operosa, evidência da eterna eleição Leia mais »

Eleição divina, a escolha da graça

Na igreja protestante, há dois segmentos: o Calvinismo e o Arminianismo. O Calvinismo enfatiza a eleição divina; o Arminianismo o livre arbítrio humano. O Calvinismo ensina que Cristo morreu para efetivar nossa salvação; o Arminianismo ensina que Cristo morreu para possibilitar a nossa salvação. Para um arminiano Deus escolhe o homem para a salvação, quando …

Eleição divina, a escolha da graça Leia mais »