Sermões

Morte na panela

Referência: II REIS 4.38-41 – EXÓRDIO:
Aquela era uma época de grande fome na terra (II Re 8.1; 6.24-30). O povo andava inquieto. As pessoas andavam desesperadas, sôfregas, procurando alimento por toda parte. Estavam prontas a comer qualquer coisas que lhes acalmasse a fome. A cabeça de um jumento era vendida por 80 ciclos de prata.
Foi nesse tempo que Eliseu estava palestrando no se

Os riscos da modernidade

Referência: ROMANOS 12.2 – Na Idade Média tudo estava enfeixado nas mãos da igreja. Tudo passava pela cosmovisão do teocentrismo. A igreja dominava a economia, era proibido ter lucros, emprestar a juro. A igreja dominava a ciência. Era o período do geocentrismo. A igreja dominava as artes, o homem fazia arte para a glória de Deus. A igreja dominava a religião, a Bíblia estava presa à interpreta

Você sabe quão rico você é?

Referência: EFÉSIOS 1:15-23 – INTRODUÇÃO

• As orações de Paulo são o ponto culminante da sua teologia. A oração é o índice do seu senso de valores. Ela é o espelho da vida interior. Em Efésios 1:1-14 Paulo nos mostra que nós somos o povo mais rico do mundo. Mas agora, ele pede para Deus abrir o nosso entendimento, para sabermos quão rico nós somos. Ele começa com uma grande bênção (

O maior fracasso na história da humanidade

Referência: MATEUS 26.14-25,47-50; 27.1-5 – Ao longo da história, uma plêiade de homens ilustres, engrossaram as fileiras dos fracassados, renderam-se ao pecado, entregaram-se à volúpia e aos vícios desregrados. Macularam seus nomes com a maldade, conspurcaram suas vidas, enlamearam-se, emporcalharam-se. Deixaram de ser heróis, guardiões da virtude para serem protagonistas das desgraças. Sujaram seus nomes de t

Ladrões da alegria

Referência: FILIPENSES 4.4 – Você é feliz? É possível alguém ser feliz neste mundo de tragédias, fome, guerras, violência, assaltos, arrombamentos, estupros, seqüestro, delinqüência, 20 milhões de crianças abandonadas, 4 milhões de abortos por ano, doença, AIDS, acidentes e mortes?

HINO Sou feliz com Jesus = ser e estar = to be = não estou, mas sou.

Fp 4.

A figueira murcha

Referência: MATEUS 21.17-20 – I. Há no mundo casos de profissão promissora, porém infrutífera

a) Pessoas As envolvidas neles superam, em muito, tantas outras – Elas nos impressionam pela conversa, pelos modos . São loquazes na conversa, profundos na especulação teológica.

b) Tais pessoas parecem desafiar as estações do ano – A figueira produz os frutos antes das

A comunhão na igreja

Referência: I JOÃO 1.3 – Existem pessoas que estão longe de Deus e longe das pessoas. Outras estão perto de Deus e longe das pessoas. Outras estão longe de Deus e perto das pessoas. Devemos estar perto de Deus e perto das pessoas.

I. COMUNHÃO COM DEUS
a) Enoc – Gn 5.24
b) Noé – Gn 6.9
c) Abraão – Gn 17.1
d) Moisés – Ex 33.11-23
e) Rob

Vida financeira sem ansiedade

Referência: MATEUS 6.19-34 – Na primeira metade de Mateus 6 (1-18) Jesus descreve a vida particular do cristão NO LUGAR SECRETO (dando, orando e jejuando); na segunda parte (19-34) Ele trata dos nossos negócios públicos no mundo (questões do dinheiro, de propriedades, de alimento, roupa e ambição). Ou seja, Cristo descreve a vida RELIGIOSA E SECULAR do cristão, mostrando que ambas são santas e de

Antes e depois da morte

Referência: LUCAS 16.19-31 – Há uma coisa notável acerca desta passagem das Escrituras: ela é fácil de entender. Podemos discordar dela, negar sua veracidade ou desprezar seus ensinamentos, mas só uma pessoa obtusa não a entenderia.

A verdade básica é que a vida é mais do que simplesmente viver, e a morte é mais do que simplesmente morrer. A morte não é o fim de todas as cois

A segunda vinda de Cristo

Referência: APOCALIPSE 1.7 – Cristo pode vir para você ou você pode ir para Ele. Você está preparado? A rainha da Inglaterra visita de surpresa uma escola e encontra a professora e os alunos em desordem…voltarei!

I. É CERTO QUE CRISTO VOLTARÁ?

É tão certa como foi a sua primeira vinda. As profecias bíblicas sobre o nascimento, morte, ressurreição e asce