Sermões

O propósito de Deus para os dons espirituais

Referência: 1 CORÍNTIOS 12:1-31 – INTRODUÇÃO

· A igreja de Corinto tinha sérios problemas relacionados ao culto cristão. Um deles era sobre o uso e o abuso dos dons espirituais. Esse é um problema que a igreja contemporânea enfrenta, especialmente em face da crescente inflência do pentecostalismo clássico e do movimento carismático.

· A dinâmica dos dons espirituais é um

Coragem para ser diferente

Referência: DANIEL 1:1-21 – INTRODUÇÃO

1. Não era fácil ser jovem nos dias de Daniel. A nação inteira estava vivendo em fragrante desobediência a Deus. Os tempos de fervor espiritual haviam se acabado com a reforma religiosa do rei Josias. Deus, então, através de Jeremias e Habacuque alerta o povo que um tempo de calamidade aconteceria. A poderosa Babilônia invadiria Jerusalém e l

A libertação de Jesus

Referência: MARCOS 5.1-20 – Existem muitas pessoas cativas: pelo diabo, pecado, desejos da carne.
Este texto fala de um homem cativo que foi liberto por Jesus.

I. A CIRCUNSTÂNCIA
Era noite. Tinha acontecido uma tempestade. Jesus chega num lugar de despenhadeiro.
Era uma região com cavernas, sepulcros, um cemitério.
Ouvem-se gritos de horror. Aparece um

Variedade de línguas e profecia na igreja

Referência: 1 CORÍNTIOS 14:1-40 – INTRODUÇÃO

· John Stott, o maior exegeta do século XX afirma que os dons são atuais, contemporâneos, úteis e necessários, visto que Jesus não mudou. O grande problema é a polarização: carisma sem caráter (dons sem fruto), caráter sem carisma (fruto sem dons), credulidade infantil-racionalismo cético, cessacionismo-confusão.

· Neste capít

Ladrões da alegria

Referência: FILIPENSES 4.4 – Você é feliz? É possível alguém ser feliz neste mundo de tragédias, fome, guerras, violência, assaltos, arrombamentos, estupros, seqüestro, delinqüência, 20 milhões de crianças abandonadas, 4 milhões de abortos por ano, doença, AIDS, acidentes e mortes?

HINO Sou feliz com Jesus = ser e estar = to be = não estou, mas sou.

Fp 4.

Antes e depois da morte

Referência: LUCAS 16.19-31 – Há uma coisa notável acerca desta passagem das Escrituras: ela é fácil de entender. Podemos discordar dela, negar sua veracidade ou desprezar seus ensinamentos, mas só uma pessoa obtusa não a entenderia.

A verdade básica é que a vida é mais do que simplesmente viver, e a morte é mais do que simplesmente morrer. A morte não é o fim de todas as cois

A segunda vinda de Cristo

Referência: APOCALIPSE 1.7 – Cristo pode vir para você ou você pode ir para Ele. Você está preparado? A rainha da Inglaterra visita de surpresa uma escola e encontra a professora e os alunos em desordem…voltarei!

I. É CERTO QUE CRISTO VOLTARÁ?

É tão certa como foi a sua primeira vinda. As profecias bíblicas sobre o nascimento, morte, ressurreição e asce

A figueira murcha

Referência: MATEUS 21.17-20 – I. Há no mundo casos de profissão promissora, porém infrutífera

a) Pessoas As envolvidas neles superam, em muito, tantas outras – Elas nos impressionam pela conversa, pelos modos . São loquazes na conversa, profundos na especulação teológica.

b) Tais pessoas parecem desafiar as estações do ano – A figueira produz os frutos antes das

A comunhão na igreja

Referência: I JOÃO 1.3 – Existem pessoas que estão longe de Deus e longe das pessoas. Outras estão perto de Deus e longe das pessoas. Outras estão longe de Deus e perto das pessoas. Devemos estar perto de Deus e perto das pessoas.

I. COMUNHÃO COM DEUS
a) Enoc – Gn 5.24
b) Noé – Gn 6.9
c) Abraão – Gn 17.1
d) Moisés – Ex 33.11-23
e) Rob

Vida financeira sem ansiedade

Referência: MATEUS 6.19-34 – Na primeira metade de Mateus 6 (1-18) Jesus descreve a vida particular do cristão NO LUGAR SECRETO (dando, orando e jejuando); na segunda parte (19-34) Ele trata dos nossos negócios públicos no mundo (questões do dinheiro, de propriedades, de alimento, roupa e ambição). Ou seja, Cristo descreve a vida RELIGIOSA E SECULAR do cristão, mostrando que ambas são santas e de